Hortaliças não convencionais são baratas e nutritivas

Nomeadas PANCs, elas podem ser utilizadas nas merendas escolares para enriquecer alimentação dos estudantes

  • 77
  •  
  •  
  •  
  •  

jorusp

O segundo Encontro Nacional de Hortaliças Não Convencionais ou HortPANC é um evento realizado pela Embrapa Hortaliças em parceria com o Horto Comunitário da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) e o Instituto Kairós. O Jornal da USP no Ar conversou com a doutora Thais Mauad, professora do Departamento de Patologia da FMUSP e organizadora do evento, que une e capacita profissionais, pesquisadores, professores, produtores rurais e urbanos e profissionais da gastronomia ligados a esses alimentos.

Horta Comunitária da Faculdade de Medicina da USP – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

As hortaliças não convencionais, conhecidas como PANCs (Plantas Alimentícias não Convencionais), são alimentos que eram consumidos por uma geração mais antiga, com costume de manter hortas nos quintais de casa. A médica explica que, por conta da urbanização acelerada das cidades, sua distribuição se tornou limitada e restrita a determinadas localidades ou regiões, o que diminuiu seu consumo. Porém, essas hortaliças são de fácil cultivo e cuidado, além de serem altamente nutritivas, capazes de enriquecer dietas de forma simples e barata.

Taioba, cururu, bertalha, maxixe, jambu e beldroega são exemplos de hortaliças não tradicionais. O objetivo do encontro é promover o resgate da cultura e consumo, ao trazer as hortas para dentro das casas novamente e informar os jovens sobre seus benefícios, para estimular seu uso na alimentação. Thais explica que as hortas urbanas são um movimento mundial em crescimento, capazes de criar pequenos lugares de biodiversidade em meio às cidades e trazer a natureza para o meio urbano.

Além disso, o encontro contou com a presença de cinco chefs de cozinha, entre eles Bel Coelho. Os profissionais comentaram sobre a possibilidade de uso das hortaliças não convencionais na alta gastronomia e de inseri-las nas merendas escolares. Uma escola do bairro Butantã, Zona Oeste de São Paulo, já possui um projeto avançado, que utiliza toda semana uma das PANCs cultivadas na horta para compor a merenda, conta Thais. A professora também comenta sobre a horta da Faculdade de Medicina da USP, que possui 400 espécies de PANCs e é aberta para visitação.

Jornal da USP no Ar, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93,7, em Ribeirão Preto FM 107,9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular. Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

 

  • 77
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados