Glaucoma ainda é motivo de dúvidas na população

Professor Eduardo Rocha fala sobre o glaucoma, doença que causa degeneração progressiva dos nervos que conduzem a visão para o cérebro

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Na coluna “Fique de Olho” desta semana, o professor Eduardo Rocha fala sobre o glaucoma, que é a degeneração progressiva dos nervos que conduzem a visão para o cérebro. A doença é uma das principais causas de cegueira no mundo e  os pacientes ainda têm muitas dúvidas quanto ao diagnóstico e tratamento.

O professor diz que o mais frequente é o glaucoma primário de ângulo aberto ou crônico simples,  que não apresenta sintomas. Esse tipo toma a visão periférica do paciente e o tratamento interrompe as perdas, mas não permite a recuperação da visão. Além disso, é mais comum em  pessoas com mais de 40 anos e negras.

Rocha também conta que existem diferentes tipos de glaucoma, entre eles o de forma aguda, mais comum em adultos,  que causa diversos sintomas,  como dores, náuseas e aumento da pressão arterial. Em crianças, a doença é mais rara e mais evidente. Para ambos os casos o tratamento deve ser realizado com urgência. Ouça acima, na íntegra, a coluna do professor Eduardo Rocha.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados