Fundação Pró-Sangue recebe doações e tem aumento nos estoques

Doações no final de semana foram resultado de ações tomadas pela Fundação e mantêm procedimentos no HC

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

jorusp

O hemocentro Fundação Pró-Sangue é um grande fornecedor para hospitais de toda São Paulo, como o Hospital das Clínicas (HC), o Instituto do Coração (Incor) e o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), por exemplo. No entanto, esses hospitais, referências na cidade, tinham, até sábado de manhã, suas demandas ameaçadas. Silvana Biagini, gerente médica da Pró-Sangue, explica que a greve prolongada teve efeito negativo nos estoques da Fundação Pró-Sangue, que só foi conseguir uma melhora após doações no último sábado. Segundo a doutora, embora os estoques não estejam em nível ideal, a situação não é de emergência neste momento.

Foto: Carol Garcia / GOVBA via Flickr – CC

Silvana conta que chegaram a ser discutidas, como medidas cautelares, a suspensão, na segunda-feira (28), de cirurgias eletivas no HC, devido à baixa dos estoques, mas que com as doações de sábado ー 588 bolsas de sangue ー foi possível realizar tais cirurgias. Silvana fala, ainda, da importância de continuarem as doações, e estima que, se o nível se mantiver por mais três dias consecutivos, é possível que os níveis do estoque se estabilizem.

A médica lembra que podem doar todas as pessoas entre 16 e 69 anos ー sendo que entre 16 e 18 anos há a necessidade de autorização dos pais ou responsáveis legais ー, que estejam saudáveis; que tenham peso acima de 50 kg; e que não tenham tido hepatite após os 11 anos de idade, hipertensão arterial não controlada ou doenças infecciosas que estejam sendo tratadas com antibióticos. Em caso de dúvidas, pode-se acessar a página da Fundação Pró-Sangue e saná-las.

Jornal da USP no Ar, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93,7, em Ribeirão Preto FM 107,9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular. Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados