Frota gigantesca de veículos assombra cotidiano urbano

Guilherme Wisnik diz que só na capital paulista “veículos enfileirados dariam 7,7 vezes o tamanho do Brasil”

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, Guilherme Wisnik critica a “opção rodoviarista de desenvolvimento nas cidades no Brasil”.

Em destaque, a frota de 8,6 milhões de veículos da cidade de São Paulo. “A gente sabe o quanto essa liberdade individual acaba funcionando em detrimento da não-liberdade coletiva”, critica Wisnik. “Isso leva a esses engarrafamentos monstros.”

Ouça, no link acima a íntegra da coluna Espaço em Obra.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados