Filme “Entardecer” ajuda a descrever a atualidade

Obra do cineasta húngaro László Nemes foi comentada por Martin Grossmann em sua coluna na Rádio USP

O filme Entardecer, do cineasta húngaro László Nemes, que se passa na Europa nas primeiras décadas do século 20, é uma obra com uma temática que se aproxima da situação atual, quando tudo parece “muito nebuloso”, no Brasil e no mundo, em relação ao destino da humanidade.

O comentário foi feito pelo professor Martin Grossmann em sua coluna Na Cultura, o Centro Está em Toda Parte, transmitida no dia 8 de maio pela Rádio USP (93,7 MHz).

Na coluna, o professor comentou também a peça O Jardim das Cerejeiras, do escritor russo Anton Tchecov, em cartaz em São Paulo com o Grupo Tapa.

Ouça no link acima a íntegra da coluna.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.