Fake news não se limitam apenas a divulgar notícias falsas

Segundo Marilia Fiorillo, agora elas podem valer também como instrumento penal

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Para a professor Marilia Fiorillo,  o perigo das fake news está nas explicações milagrosas de fenômenos mais ou menos novos que acabam se tornando tão generalizadas quanto erradas. “As fake news estão alcançando tamanha abrangência e velocidade, que acabamos por naturalizá-las e aceitá-las como um fenômeno que veio para se manter inalterável e irreversível.”

As fake news, segundo Marília, não se limitam apenas a notícias falsas para gerar flutuações na opinião pública. “Elas também valem como instrumento penal, como uma arma para prevenção de crimes.”

Ouça, no link acima, a íntegra da coluna Conflito e Diálogo.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados