Exportações do agronegócio brasileiro devem dobrar em dez anos

Previsão do Departamento de Agricultura dos EUA faz especialista da Fearp comemorar

 05/04/2018 - Publicado há 3 anos
Por

O Brasil é uma das economias mais fechadas do mundo, e isso não é novidade. Mesmo assim, o agronegócio continua sendo um setor de excelência nas exportações e deve melhorar mais ainda. A previsão vem de fora, do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

O agronegócio brasileiro exporta mais de 20 produtos para mais de 150 países. No ano passado, as exportações somaram US$ 96 bilhões, um aumento de 13% em relação a 2016. E o crescimento do valor exportado sobre as importações permitiu que o saldo da balança comercial do setor gerasse superávit próximo de US$ 82 bilhões.

A projeção dos especialistas do governo norte-americano para os próximos dez anos revela o vigor do agronegócio brasileiro, como explica o professor Marcos Fava Neves, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (Fearp) da USP.

Ele comemora a expectativa da USDA de ver as exportações brasileiras do agronegócio dobrarem em dez anos.

Ouça a entrevista no link acima.

Por Ferraz Junior


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.