Exercícios físicos são a melhor opção no tratamento da fibromialgia

A professora Amélia Pasqual Marques (FMUSP) ressaltou a importância da prática para a melhora de qualidade de vida dos pacientes

A fibromialgia é uma doença reumática muito comum em mulheres de 35 a 50 anos. Entre 2% e 3% da população brasileira é afetada pelas fortes dores em diferentes partes do corpo causadas pela enfermidade. Outros sintomas comuns são a insônia e o cansaço crônico. Mas como auxiliar o paciente?

A professora Amélia Pasqual Marques, da Faculdade de Medicina da USP, explicou as principais formas de tratamento, evidenciando os efeitos benéficos da fisioterapia e de exercícios físicos e aeróbicos. De acordo com a especialista, este é o método que vem obtendo os melhores resultados, inclusive revertendo alguns quadros a ponto de o enfermo deixar de ser fibromiálgico.

Confira acima a matéria completa.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.