Estudo aponta avanço no tratamento de AVC hemorrágico

Novo método pode contribuir para a melhora de 10% na independência do paciente

Na coluna Minuto do Cérebro desta semana, o professor Octávio Pontes Neto fala sobre as novidades no tratamento de pacientes com AVC hemorrágico.

Um subtipo com os piores prognósticos, o AVC hemorrágico é causado pela ruptura de uma artéria que leva sangue para o cérebro, aumentando a pressão intracraniana e também irritando o tecido cerebral.

De acordo com o professor, a taxa de mortalidade para pessoas que tiveram a ocorrência do subtipo chega a 60% em um ano. “Até o momento, ainda não existe tratamento específico para o AVC hemorrágico”, e existem muitas divergências sobre qual a melhor maneira de manejar o sangue.

Pontes Neto fala sobre um estudo divulgado recentemente que parece ter lançado luz sobre o tratamento da doença, a partir de “um controle mais agressivo da pressão arterial” que, quando feito da maneira correta, pode contribuir para a melhora de 10% da independência do paciente.

Ouça acima na íntegra a coluna Minuto do Cérebro.


O minuto do Cérebro
A coluna O minuto do Cérebro, com o professor Octávio Pontes Neto, vai ao ar toda terça-feira às 9h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.