Esporte também pode se beneficiar de ferramentas eScience e Data Science

As ferramentas têm a função de integrar modelagem computacional e infraestrutura de dados

 26/04/2019 - Publicado há 4 anos

Na coluna Ciência e Esporte desta semana, o professor Paulo Roberto Santiago fala sobre programa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), com modalidade eScience e Data Science, que tem a função de integrar modelagem computacional e infraestrutura de dados.

O programa atua com o objetivo de apoiar projetos que envolvam modelos matemáticos, repositórios digitais e gerenciamento de dados, novos hardwares, softwares, protocolos, ferramentas e serviços, que são voltados para atender  pesquisas nas áreas de ciências agrárias, bioinformática, biológicas, saúde, artes, humanidades, ciências sociais, engenharia, física, clima e ciências da terra.

O professor ressalta que é fundamental que pesquisadores da Ciência do Esporte participem do programa e, em específico, estudos relacionados ao esporte coletivo, que podem se beneficiar com as ferramentas eScience e Data Science para melhorar a qualidade das pesquisas e do entendimento do esporte, além de tomar decisões mais assertivas sobre os dados. “Com essas ferramentas, toda a sociedade pode compreender melhor como funciona o esporte e a atuação de uma equipe”, afirma.

Ouça acima na íntegra a coluna Ciência e Esporte.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.