Especialista analisa planos do governo interino para a Previdência Social

As pessoas com até 50 anos de idade serão as mais atingidas se as medidas forem aprovadas

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe a entrevista do repórter Fábio Rubira com o professor Marcos Orione Gonçalves Corrêa:

logo_radiousp790px

 

As mudanças mais drásticas na Previdência valerão para quem tiver até 50 anos, tanto na iniciativa privada como no setor público. Acima desta faixa etária haverá um “pedágio” para quem quiser se aposentar, a chamada regra de transição, prevendo um período adicional de trabalho de 40% a 50% do tempo que falta para que se tenha direito ao benefício. Sobre o assunto, o repórter Fábio Rubira conversou com o professor Marcos Orione Gonçalves Corrêa, especialista em Direito da Seguridade Social da Faculdade de Direito (FD) da Universidade de São Paulo.

 

 

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados