Especialista analisa planos do governo interino para a Previdência Social

As pessoas com até 50 anos de idade serão as mais atingidas se as medidas forem aprovadas

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Acompanhe a entrevista do repórter Fábio Rubira com o professor Marcos Orione Gonçalves Corrêa:

logo_radiousp790px

 

As mudanças mais drásticas na Previdência valerão para quem tiver até 50 anos, tanto na iniciativa privada como no setor público. Acima desta faixa etária haverá um “pedágio” para quem quiser se aposentar, a chamada regra de transição, prevendo um período adicional de trabalho de 40% a 50% do tempo que falta para que se tenha direito ao benefício. Sobre o assunto, o repórter Fábio Rubira conversou com o professor Marcos Orione Gonçalves Corrêa, especialista em Direito da Seguridade Social da Faculdade de Direito (FD) da Universidade de São Paulo.

 

 

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados