Especialista aborda a saúde ocular da população brasileira

O brasileiro convive com saúde ocular cheia de contrastes e problemas relacionados à desigualdade social, carência alimentar e à falta de acesso ao tratamento

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na coluna Fique de Olho desta semana, o professor Eduardo Rocha fala sobre a saúde ocular da população brasileira, como está a qualidade dos centros que cuidam da saúde dos olhos e como o futuro ministro da Saúde poderá contribuir para a melhoria desse setor.

O professor Rocha explica os problemas e soluções da saúde ocular da população brasileira. “Sabemos por dados epidemiológicos e alguns comentários, já repercutidos aqui, que o Brasil convive com uma saúde ocular cheia de contrastes e problemas relacionados à desigualdade social, carência alimentar e à falta de acesso ao tratamento. Por outro lado, vem a medicina, os meios mais modernos e sofisticados para cuidar da saúde ocular da população, oftalmologistas preparados, centros de excelência que não deixam a desejar em nada aos maiores centros mundiais, e estamos prontos para enfrentar qualquer cirurgia ou problemas que envolvam a saúde ocular.”      

Ouça acima, na íntegra, a coluna Fique de Olho, com o professor Eduardo Rocha.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados