É preciso alfabetizar as pessoas na idade certa

Quem afirma é o cientista político Renato Janine Ribeiro em mais uma edição da coluna “Ética e Política”

Na coluna Ética e Política, o cientista político Renato Janine Ribeiro explica como o Brasil pode modificar os dados do analfabetismo dos brasileiros, que hoje gira em torno de 11,5 milhões.

“O ponto básico de toda a escolarização tem que ser a alfabetização. A meta do Plano Nacional de Educação, sancionada em 2014, que pretendia zerar esse número, não foi cumprida. Esse número é difícil de ser zerado. A maioria dos analfabetos é preto e pardo, além da faixa etária de 60 ou mais anos.”

Para Janine, o ponto nevrálgico é que o Brasil “precisa urgentemente alfabetizar as pessoas na idade certa e, ao mesmo tempo, entender que alfabetização mais cara e mais difícil das pessoas não alfabetizadas é um dever ético e moral com as pessoas mais velhas, que trabalharam a vida toda, que tiveram condições de trabalho difíceis, má remuneração e má saúde e precisam ter esse mínimo de cidadania, que é saber ler e escrever”.

Textos relacionados