Dr. Bartô fala sobre duas práticas a serem evitadas a qualquer custo

Motoristas que dirigem embriagados e fumantes, numa cidade como São Paulo, representam perigo para si e para os outros

 12/12/2017 - Publicado há 4 anos  Atualizado: 02/09/2019 as 9:25

O médico João Paulo Lotufo comenta, nesta semana, dois assuntos importantes: os perigos oferecidos pelo cigarro a moradores de cidades como São Paulo e o aumento da punição para quem dirige embriagado.

De acordo com o médico, análises recentes apontam que trabalhar em locais onde o trânsito é intenso seria equivalente a fumar dez cigarros todos os dias. Assim, no caso de fumantes, que somam aos danos causados pela poluição a fumaça do tabaco, a situação é agravada.

Além disso, o doutor Lotufo comenta que o Congresso deve ser parabenizado pela decisão de intensificar a pena para motoristas que dirigem sob influência de álcool. Segundo o médico, uma punição exemplar para os infratores poderia ajudar a diminuir a incidência desse tipo de comportamento. 

Ouça o áudio da coluna acima.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.