Dólar forte ameaça recuperação brasileira

Quase 10 trilhões circulam no mundo sob a forma de dívida em dólares

  • 21
  •  
  •  
  •  
  •  

Para o exportador, é uma maravilha a desvalorização do real frente ao dólar. O consumidor norte-americano pode comprar nossos produtos gastando menos dólares, se não houver barreiras criadas pelo governo Trump. Já para todos os outros tipos de atividades, que usam produtos importados, os custos só sobem. Com a política do governo que autoriza a Petrobras a repassar continuamente a alta do dólar ao preço dos combustíveis, além de produtores e importadores, consumidores são afetados e os índices de inflação recebem um impacto que pode levar a novas elevações dos juros. Assim, para sair da crise, os EUA obrigam o mundo todo, novamente, a fazer um ajuste que parece beneficiar principalmente o trabalhador, o consumidor e o empresário norte-americano.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 21
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados