Docentes discutem impacto das mídias digitais na publicidade

Professoras Carmen Justo, do Centro Moura Lacerda, e Daniela Tincani, da Unaerp, são as entrevistadas do “USP Analisa”

O surgimento das mídias digitais revolucionou o universo da comunicação e, principalmente, da publicidade. As diversas possibilidades desses meios e a interação quase instantânea do público levantaram diversos debates, como o cuidado com a ética na hora de criar um conteúdo e a importância da formação do profissional. Para discutir esse tema, o USP Analisa desta semana vai conversar com a coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Moura Lacerda, Carmen Justo, e com a coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda da Unaerp, Daniela Tincani.

Elas contam que a proximidade maior com o público, trazida pelas mídias digitais, permite ter uma noção mais imediata da eficácia da campanha. “Antes você planejava futuro com dados do passado. Você pegava os índices de audiência de uma novela, de um programa, e muitas vezes naquela semana tinha acontecido um clímax, por isso a audiência ia para cima. Então você planejava sua mídia para daqui a um mês ou três semanas com base nessa audiência. Hoje não. Hoje a gente tem a oportunidade de fazer uma campanha e mensurar na hora se está dando resultado e ouvir o consumidor, porque ele vai interagir”, afirma Daniela.

Para Carmen, nunca foi tão importante ser comunicador e ter uma boa formação para isso, principalmente teórica. “Você lida com uma multiplicidade de pessoas, uma diversidade muito grande, e é difícil imaginar o que o outro vai entender. Por isso que a gente estuda isso e tenta se precaver. É para isso que existem as aulas de ética e legislação, comportamento do consumidor, teoria da comunicação. São fundamentos para o profissional ter discernimento e fazer uma análise crítica na hora em que realmente for necessário, que é o processo de criação, o processo de planejamento.”

O USP Analisa é uma produção conjunta do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) da USP e da Rádio USP Ribeirão Preto.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.