“Diversidade em Ciência” trata de africanidades, educação e resistências

Julvan Moreira de Oliveira transformou o antropólogo Kabengele Munanga em tese

Julvan Moreira de Oliveira – Foto: Ricardo Alexino Ferreira

Nesta edição do Diversidade em Ciência, Ricardo Alexino Ferreira entrevista o filósofo e doutor em Educação pela Faculdade de Educação da USP, Julvan Moreira de Oliveira, professor e diretor de Ações Afirmativas da Universidade Federal de Juiz de Fora (MG), autor do livro Interfaces das Africanidades em Educação nas Minas Gerais (Editora UFJF). Na entrevista, ele fala sobre as interseções da educação com as africanidades e das resistências que as questões afro-brasileiras e africanas sofrem no Brasil. O entrevistado também destaca as resistências dos grupos negros frente ao racismo.

Em seu doutorado na Faculdade de Educação da USP, Julvan Moreira elegeu o tema Africanidades e Educação: Ancestralidade, identidade e oralidade no pensamento de Kabengele Munanga, um dos mais importantes pensadores negros da contemporaneidade e contemplado pela Universidade de São Paulo, em 2018, com o Prêmio Direitos Humanos, outorgado pela Comissão de Direitos Humanos da USP.

Kabengele Munanga – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

O Diversidade em Ciência é um programa de divulgação científica voltado para as ciências das diversidades e direitos humanos, e vai ao ar toda segunda-feira, às 13h, com reapresentações às terças-feiras, às 2h, e aos sábados, às 14h, com direção e apresentação do jornalista, professor da USP, membro da Comissão de Direitos Humanos da USP, Ricardo Alexino Ferreira, e operação de áudio de João Carlos Megale.

O Diversidade em Ciência é gravado nos estúdios do Departamento de Comunicações e Artes/Educomunicação da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

A Rádio USP-FM pode ser sintonizada em 93,7 MHz/SP ou pelo link http://www.radio.usp.br/?page_id=5404

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.