Diversidade em Ciência trata da Lei 10.639 e da educação étnico-racial

E para tanto convida a professora e educadora Maria Lúcia da Silva, que faz reflexões importantes sobre o tema

  • 254
  •  
  •  
  •  
  •  

No Diversidade em Ciência, Ricardo Alexino Ferreira entrevista a professora, doutora em Educação, Maria Lúcia da Silva, do Programa Observatório da Educação da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e também coordenadora do Núcleo de Estudos Étnico-Raciais do conjunto de faculdades FMU/FIAM/FAAM. Durante a entrevista, Maria Lúcia faz reflexões sobre a Lei 10.639, que determina o ensino da história e culturas africanas e afro-brasileiras nos currículos escolares, e demonstra preocupação com o conservadorismo político do atual governo em relação à educação. “Com o retrocesso político, a Lei 10.639 corre riscos e por isso precisamos ficar vigilantes para que os direitos adquiridos e as questões étnico-raciais não sejam destruídas”, afirma.

Maria Lúcia da Silva – Foto: Ricardo Alexino Ferreira

Ela também fala sobre  sua pesquisa de doutorado, Memória dos Professores Negros e Negras da Unilab: tecendo saberes e práxis antirracista”, sobre a criação da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), instituição pública criada em 2011 e considerada um projeto pioneiro, que integra e forma estudantes dos países africanos de língua portuguesa e sua interseção com o Brasil.

O Diversidade em Ciência é um programa de divulgação científica voltado para as ciências da diversidade e os direitos humanos e vai ao ar toda segunda-feira, às 13 horas, sendo reapresentado às terças-feiras, às duas horas da manhã e aos sábados, às 14 horas, com direção e apresentação do jornalista, professor da USP e membro da Comissão de Direitos Humanos da USP,  Ricardo Alexino Ferreira, com operação de áudio de João Carlos Megale.

O Diversidade em Ciência é gravado nos estúdios do Departamento de Comunicações e Artes/Educomunicação, da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

A Rádio USP-FM pode ser sintonizada em 93,7 MHz/SP ou pelo link: http://www.radio.usp.br/?page_id=5404

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 254
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados