Diferença no desempenho esportivo entre homens e mulheres ainda é grande

No entanto, ainda são poucos os estudos mais aprofundados sobre os transgêneros

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Nesta semana, o professor Paulo Roberto Santiago fala sobre as diferenças de desempenho no esporte entre homens e mulheres. O professor diz que“mesmo não tendo uma opinião sobre a temática, o assunto anda sendo muito discutido, principalmente quando envolve atletas trans”.

Santiago analisa uma publicação de fevereiro deste ano na International Journal of Sports Physiology and Performance. “No estudo, dois esportes foram analisados: natação e corrida. Na natação, provas de curta distância apresentam, entre homem e mulher, uma diferença de 2% a favor dos homens, enquanto, na corrida, o número foi ainda maior, sendo de 5% nos desempenhos. E quanto mais tempo a prova durar, mais os índices aumentam”.  

 Santiago diz que ainda são poucos os estudos mais aprofundados sobre os transgêneros; tudo é muito recente, então não há como afirmar que os  dados acima se aplicam aos mesmos. Ouça, no link acima, a íntegra da coluna do professor Paulo Santiago.

 

Por: Thainan Honorato

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados