Desmonte EUA-China marca fronteira final do século 20

Três fatores contribuíram para crise do capitalismo, segundo Gilson Schwartz

  • 28
  •  
  •  
  •  
  •  

Levou cerca de 25 anos, mas a virada de século culmina somente agora, em três tempos, na crise final do capitalismo tal como o conhecemos. Primeiro, foi a crise de 2008. Depois, o Brexit e consequente enfraquecimento da União Europeia, exposta às suas clássicas fragilidades nas fronteiras ao Leste. Finalmente, o desmonte estrutural das cadeias de valor que integram o pacto EUA-China consolida a percepção de uma nova era na história do capital. A volta ao passado, enquanto isso, é o tom das principais candidaturas presidenciais. O Brasil esqueceu do que seria ou poderia ser. Com o fim do pacto desenvolvimentista do pós-guerra, o país carece de ícones que apontem para o futuro, mobilizando um novo consenso sobre as fronteiras da nação.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 28
  •  
  •  
  •  
  •