Descoberto sítio arqueológico de 11 mil anos no interior de SP

A descoberta ocorreu durante pesquisa para licença ambiental na Usina Açucareira de São Manuel, coordenada pelo professor Paulo Zanettini, do Museu de Arqueologia e Etnologia

 21/06/2016 - Publicado há 5 anos  Atualizado: 23/06/2016 as 17:59
Por
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um trabalho de escavações para obtenção de licença ambiental para que a Usina Açucareira de São Manuel, no interior de São Paulo, pudesse ampliar sua área de cultivo encontrou vestígios arqueológicos de 11 mil anos. A descoberta do sítio arqueológico traz novos dados sobre a ocupação da América pelos primeiros humanos.

Paulo Zanettini, do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, responsável pelas escavações, conversou com a repórter Marcia Avanza sobre o achado. Segundo ele, eram grupos de caçadores que habitavam a região em razão da riqueza do solo e da hidrografia. Os objetos encontrados têm alto grau de preservação e indicam a existência de uma oficina de ferramentas no local. Acompanhe a entrevista.

logo_radiousp

.

.

[cycloneslider id=”sitio-arqueologico”]


.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.