Denúncia contra Temer e desdobramentos políticos afetarão 2018

Professor destaca a disputa interna do PSDB quanto ao candidato à presidência e os dilemas do PT com Lula

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Antes de ir ao plenário da Câmara, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) discutiu a imputação da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. Os parlamentares avaliaram o parecer do relator Bonifácio Andrada, que recomendou a rejeição da denúncia.

O professor e doutor em ciência política pela USP, Rafael Cortez, disse que pouco se discutiu o possível envolvimento do presidente nas acusações. Ele avalia que os parlamentares não analisaram se as provas são consistentes ao ponto de o quadro se desdobrar em uma investigação.

Cortez aponta que os desdobramentos políticos deste ano afetarão profundamente 2018. Segundo ele, a disputa interna do PSDB na escolha pelo candidato à presidência, os dilemas do PT com a candidatura de Lula e os movimentos políticos desenhados até o momento podem fomentar uma eleição muito fragmentada e com diversas candidaturas.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados