Dados divulgados por órgãos públicos são da sociedade, não de governantes

Renato Janine fala da divulgação de dados de desmatamento pelo Inpe, o que descontentou o governo federal

Dados divulgados por órgãos públicos são de interesse público, pertencem a toda a sociedade e não é obrigação desses órgãos submeter as informações ao presidente da República ou a qualquer outra autoridade, antes de serem divulgadas, aponta o professor Renato Janine Ribeiro em sua coluna desta semana. Janine fala do conflito envolvendo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e o governo federal. O instituto divulgou dados que mostram um aumento do desmatamento na Amazônia, fato que gerou descontentamento no governo federal.

“É muito perigoso submeter esses dados ao crivo do governo. O que poderia acontecer é serem submetidos por cortesia e também para que o governo pudesse analisá-los e, eventualmente, planejar medidas. Mas é muito duvidoso que um governo resista à tentação de proibir a divulgação dos dados, de escondê-los ou manipulá-los. Então é melhor o sistema que tem sido preservado nos governos anteriores, que é o de entregar isso a quem realmente é dono desses dados, que é a sociedade, e não a quem, apenas por um determinado tempo, governa.

O colunista fala ainda das consequências, para a sociedade brasileira, quando o governo desconsidera dados científicos das diversas áreas do conhecimento. De acordo com o professor, são informações preciosas para a definição de políticas públicas. Uma política sem a contribuição de dados cientificamente apurados é uma irresponsabilidade. “Corre o risco de dar tudo errado, como enviar vacinas para onde elas não são necessárias. Precisamos dos dados da ciência para poder gerar direito uma sociedade e torná-la mais feliz e melhor”, diz.

Ouça, no link acima, a íntegra da coluna Ética e Política.


Ética e Política
A coluna Ética e Política, com o professor Renato Janine Ribeiro, vai ao ar toda quarta-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •