Da evolução à política: por que precisamos ter amigos?

Especialistas garantem que a amizade é muito mais que um grande número de amigos nas redes sociais digitais

  • 42
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação / Organização Internacional para as Migrações (OIM) via Fotos Públicas

Segundo especialistas, a amizade tem origem numa necessidade de se proteger, em grupo, de outros seres. Seria portanto uma questão de instinto. Com o tempo, essas relações tornaram-se mais elaboradas, capazes de formar laços muito fortes entre as pessoas.

A professora do Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, Silvana de Souza Ramos, explica que a amizade possui duas dimensões: ética e política. “A amizade foi se constituindo ao longo da história do pensamento como um tipo de laço que é contrário a qualquer forma de dominação, de tirania”, comenta.

Já para a professora Leila Salomão Tardivo, do Instituto de Psicologia da USP, a união e a inteligência dos nossos ancestrais foram as ferramentas que permitiram a evolução do ser humano. Além disso, alerta para a necessidade de se ter amigos. “Essas relações são fundamentais, para apoio, para compartilhar”, e completa:  “A amizade acaba se mantendo importante ao longo de toda a vida”.

Ouça no link acima a íntegra da entrevista.

  • 42
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados