Cúpula das Américas não deve ter presença de Donald Trump

Para Dallari, ausência demonstra pouco caso do presidente americano com seus vizinhos

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na coluna desta semana, Dallari fala sobre a oitava edição da Cúpula das Américas, que ocorre nos dias 13 e 14 deste mês, no Peru, congregando os presidentes e ministros dos 35 países que compõem a OEA – Organização dos Estados Americanos – e que foi iniciada em 1994 por Bill Clinton, em Miami, buscando uma aproximação e visando a uma rapidez maior dos acordos entre os países do bloco do que se acontecesse entre os chanceleres dos países membros.

O encontro acontece num momento em que o anfitrião, Pedro Pablo Kuczynski, acaba de renunciar, acusado de corrupção com a Odebrecht. Assim, quem assume seus trabalhos é o vice-presidente Martín Vizcarra. Donald Trump, que, a princípio, informara que iria à Cúpula, já disse que não irá – o que comprova seu distanciamento dos seus vizinhos da América. E Nicolás Maduro, da Venezuela, que foi desconvidado para o evento, por sua vez, disse que irá. O que poderá gerar algum incidente. Confira o post para mais informações sobre o evento.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados