Cultivar “hobby” contribui para uma saúde melhor

Estudo inglês mostra que cultivar hábitos como plantar, regar e fazer trabalhos manuais diminuem o risco de doenças cardiovasculares

O assunto da coluna de hoje é sobre a importância de se ter um hobby para aliviar as tensões do dia a dia e melhorar a saúde. Uma pesquisa publicada em um jornal de medicina esportiva inglês mostrou que plantar, regar, praticar uma atividade física ou fazer trabalhos manuais diminuem em até 30% o risco de doenças cardíacas e derrames cerebrais. Segundo esse mesmo estudo, ouvir música, por exemplo, reduz bastante o nível de ansiedade e de depressão, o que impactaria diretamente no bem-estar e na saúde das pessoas. Porém, o professor José Carlos Farah faz um alerta: tão importante quanto ter um hobby  é incorporá-lo ao dia a dia para que se possa obter os benefícios, permanentemente, em nossas vidas.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Corpo e Movimento.


Corpo e Movimento
A coluna Corpo e Movimento, com o professor José Carlos Farah, vai ao ar toda segunda-feira às 8h00, na Rádio  USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP. 

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •