Crise global volta às manchetes e a ser motivo de preocupação

Segundo Schwartz, sem um novo modelo para o capitalismo, vai ser difícil escapar de uma nova e brutal recessão mundial

Dez anos após a crise de 2008, o ano de 2019 mostra que os problemas, ao invés de melhorarem, se agravaram. Ao longo da crise, houve uma maior concentração de renda e de poder. Nacionalismo exacerbado do presidente americano, o Brexit, na Inglaterra, causando seu desligamento da União Europeia, China, Rússia e EUA em uma corrida nuclear armamentista. O cenário é de uma enorme desigualdade, levando a migrações em massa pelo mediterrâneo. Após anos de valorização da globalização, tudo está desmoronando. Não houve democratização, mas sim uma maior concentração de renda. A população não foi beneficiada. O professor Gilson Schwartz lembra que não existe capitalismo sem investimento, sem crescimento.

Saiba mais no http://sites.usp.br/Iconomia

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna.


Iconomia 
A coluna Iconomia, com o professor Gilson Schwartz, vai ao ar toda segunda-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.