Criação de lei protege usuários brasileiros no mundo virtual

Vazamento de dados e falta de privacidade são temidos por grande parte dos usuários que acessam o mundo on-line

  • 28
  •  
  •  
  •  
  •  

A privacidade e a segurança de dados pessoais na internet é um assunto em alta e que traz preocupação aos usuários virtuais. O assunto, inclusive, foi tema da redação do Enem deste domingo (4), em que o foco era a manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet.

Na semana passada, por exemplo, o Facebook, a maior rede social do mundo, foi multada na Inglaterra em mais de R$ 2 milhões por violar a privacidade de usuários no escândalo do vazamento de dados para a empresa de marketing digital Cambridge Analytica. Esse é mais um escândalo em que o Facebook se envolve neste ano, já que, há seis mese, Mark Zuckerberg, presidente-executivo da rede social, respondeu perguntas de deputados na Câmara dos Estados Unidos sobre a venda de dados dos usuários.

Foto: Visualhunt

Porém, como explica o professor Ildeberto Rodello, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP, o Brasil está mais prevenido contra o problema, já que, no meio do ano, o Senado aprovou uma lei que disciplina a proteção dos dados pessoais dos usuários e as informações que podem ser coletadas por empresas e pelo Poder Público.

Rodello ainda alertou que devemos evitar nos expor nas redes, oferecendo como exemplos pessoas que não colocam nem fotos em suas redes sociais.

Ouça a entrevista completa acima.

  • 28
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados