Crescimento da economia é o único fator capaz de devolver vagas de emprego

Mesmo com críticas sobre a reforma trabalhista, professor vê pontos positivos nas mudanças

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Na coluna Reflexão Econômica desta semana, o professor Luciano Nakabashi comenta sobre a Reforma Trabalhista. Segundo ele, a legislação brasileira era muito antiga e realmente precisava avançar. “A reforma feita neste governo facilitou para o empregador contratar com custo mais baixo e dar mais flexibilidade para o próprio trabalhador.”

Ainda de acordo com o colunista, mesmo com o alto índice de desemprego não é possível medir se a reforma foi bem-sucedida. “Quando a gente olha o alto desemprego e diz que é uma prova de que não deu certo, isso é uma falácia, a única forma de saber é comparar com lugares onde não aconteceu reforma nenhuma.”

Nakabashi também afirma que uma simples reforma trabalhista não acabará com os problemas de emprego. “O único modo de resolver é o desenvolvimento econômico, porém, as mudanças da reforma oferecem a flexibilização, dando menos incertezas ao empregador.” 

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados