Cracolândia é passada a limpo depois da primeira ação da gestão Doria

Mudanças positivas e negativas na região despertam debates e discussões desde maio

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na madrugada do dia 21 de maio, a Polícia paulista organizou uma operação na Cracolândia que envolveu a prisão de traficantes e a retirada de usuários de drogas. Seis meses depois, as alterações feitas na região tomaram formas diversas.

O jornalista Bruno Paes Manso, pesquisador do Núcleo de Estudos da Violência da USP, e Arthur Guerra, psiquiatra e coordenador do Programa Redenção, colocado em prática pela Prefeitura, discutem as partes positivas e negativas das mudanças na Cracolândia.

Ouça o áudio acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados