Copa do mundo é Guerra Fria travestida de paz

A Rússia é conhecida por sua política de LGBTfobia, racismo e sexismo

  • 28
  •  
  •  
  •  
  •  

Na coluna desta semana, o professor Ricardo Alexino Ferreira desfaz a construção midiática de que os jogos internacionais, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas, são representações de solidariedade e paz na Terra. Segundo ele, essas competições sempre foram marcadas por demonstrações de força entre povos e países, que utilizavam esses jogos para trazer as suas ideologias nesses espaços.
O mais grave, segundo o professor, é a realização dessas disputas  em países que não respeitam os direitos humanos e naturalizam a violência contra grupos, promovendo o racismo, LGBTfobia, sexismo, entre outros desrespeitos.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 28
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados