Convívio com infectados sem tratamento prolifera tuberculose

Indivíduo não tratado pode liberar bactérias pela tosse e fala

  • 15
  •  
  •  
  •  
  •  

No primeiro boletim Pílula Farmacêutica desta semana o assunto é transmissão da tuberculose. Transmitida pelo ar, pela inalação do bacilo de Koch, a tuberculose pode ser difundida quando se convive no mesmo ambiente de uma pessoa com a doença não tratada. O contágio da doença acaba em 15 dias quando tratada, porém, pessoas que não iniciaram com medicamentos podem transmitir a doença pela tosse e também pela fala.

Para os profissionais da saúde, o cuidado deve ser o uso do material protetor, como as máscaras respiratórias, que evitam o contato com o bacilo transmissor. A imunização contra a doença está presente na vacina BCG, que, apesar de não ter completa eficácia, evita as formas mais letais da moléstia.

O boletim Pílula Farmacêutica é apresentado pelos alunos de graduação da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP, com supervisão da professora Regina Célia Garcia de Andrade e trabalhos técnicos de Luiz Antonio Fontana. Ouça, no link acima, a íntegra do boletim.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 15
  •  
  •  
  •  
  •