Consumo excessivo de carne vermelha aumenta o risco de doenças

Especialista da USP esclarece questões acerca do vegetarianismo e veganismo e sobre como substituir vitaminas

  • 84
  •  
  •  
  •  
  •  

Por razões ideológicas, religiosas e mesmo de saúde, muitas pessoas estão deixando de comer carne e apostando em outros alimentos. Existem diversos estudos sobre esse assunto e as opiniões divergem: afinal, a carne vermelha faz mal para o organismo? É possível adquirir todos os nutrientes necessários através de outros alimentos?

Aline Martins Carvalho, doutora em Nutrição pela Faculdade de Saúde Pública da USP, coordenadora do projeto de extensão universitária SustentAREA e nutricionista da Coordenadoria de Alimentação Escolar da Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura de São Paulo, explica à Radio USP a diferença entre vegetarianismo e veganismo e tira dúvidas acerca do consumo de carne. 

Ouça a reportagem completa no player acima.
.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 84
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados