Congresso sente fragilidade do governo Temer

Deputado Zveiter apresenta parecer favorável à investigação do presidente Temer, acusado de corrupção passiva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

O relatório do deputado Sérgio Zveiter na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que recomenda a aceitação da denúncia contra o presidente Michel Temer, foi apresentado nesta segunda-feira. A denúncia foi feita pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e tem como base a delação premiada da JBS.

De acordo com o professor do Departamento de Ciências Políticas da FFLCH-USP, Cícero Romão Resende de Araújo, o papel da CCJ não é fazer um juízo estritamente técnico, há um aspecto eminentemente político no processo. Além disso, o documento não se ocuparia da validade das acusações, mas sim, da admissibilidade de uma investigação do Supremo Tribunal Federal.

Foto: José Cruz/ Agência Brasil

Araújo explica que depois de tantas denúncias, o Congresso sente que o presidente já não tem condições de governar o País, e caracteriza o PMDB como um partido volúvel, cujo apoio ao governo pode mudar rapidamente, como aconteceu com o caso do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

O professor adverte, ainda, que caso o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, assuma a liderança do Executivo, é provável que ele também se torne um alvo de forças políticas. Não se sabe o que pode vir a ocorrer no País.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados