Como fantasmas, bilhões de neutrinos nos atravessam a cada segundo

O astrofísico João Steiner nos conta um pouco da curiosa natureza dessas partículas que atravessam o espaço a todo momento

 27/10/2017 - Publicado há 4 anos

O neutrino é uma partícula subatômica sem carga elétrica e que praticamente não interage com outras partículas. Essa característica faz com que os bilhões de neutrinos que saem do Sol e atingem cada centímetro quadrado da superfície da Terra todos os segundos passem por aqui como verdadeiros fantasmas – ainda que existam em grande quantidade (é a segunda partícula mais abundante do Universo depois do fóton), atravessando o espaço a velocidades próximas à da luz.

Saiba mais sobre essa curiosa partícula ouvindo, no áudio acima, a coluna “Entender Estrelas” desta semana.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.