Colunista repercute recentes decisões do STF

Lava Jato e destruição de reputações são abordadas pelo professor José Álvaro Moisés

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

 

O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu que casos de corrupção e lavagem de dinheiro ligados a crimes eleitorais não serão tratados pela justiça federal em geral nem pela justiça eleitoral. A questão, de natureza política, utiliza um argumento de que a justiça eleitoral não tem estrutura o suficiente para lidar com processos como, por exemplo, do caixa 2. Isso leva ao questionamento de que, se não há essa estrutura, não deveria haver um processo pelo qual as instituições jurídicas do País deveriam fornecer condições para sua atuação? O professor José Álvaro Moisés também abordou outra decisão do Supremo Tribunal Federal, a da abertura de um inquérito de um movimento de destruição de reputações na área das autoridades do Judiciário, Legislativo e Executivo.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 1
  •  
  •  
  •  
  •