Colunista relembra os 80 anos da Segunda Guerra Mundial

Pedro Dallari comenta o início do conflito, ocorrido em 1º de setembro de 1939, e o fato de o presidente da Alemanha ter pedido perdão aos poloneses em cerimônia ocorrida em Varsóvia

Em sua coluna desta semana, o professor Pedro Dallari relembra os 80 anos do início da Segunda Guerra Mundial. No dia 1º de setembro de 1939, a Alemanha invadiu a Polônia, inciando o conflito, já que, dois dias depois, Inglaterra e França declararam guerra ao país governado por Adolf Hitler. “Quando a guerra acabou, em agosto de 1945, havia mais de 15 milhões de soldados mortos e mais de 45 milhões de civis mortos. E esses números ainda podem ser maiores, segundo muitos analistas”, afirma o colunista. E a data foi recordada no último dia 1º, quando o presidente da Alemanha visitou Varsóvia, capital da Polônia.

“O presidente alemão, Frank-Walter Steinmeir, pediu perdão pela agressão aos poloneses. Ele ressaltou que esse era um gesto destinado a resgatar a memória daqueles eventos, que não orgulhavam os alemães, mas que todos entendiam que ações assim não deveriam ser esquecidas, até para que nunca mais se repetissem”, afirma Dallari. “Para alguns, pode parecer irrelevante que, 80 anos depois, um ato de barbárie como o início da Segunda Guerra tenha um pedido de perdão, já que a maioria dos envolvidos naquele episódio já está morta. Mas não é nada irrelevante, pelo contrário”, garante o colunista.

“Todos os estudiosos garantem que o perdão é um elemento importante no resgate de um evento trágico e é importante para a reconciliação entre as partes envolvidas. E esse pedido é importante justamente em um momento em que movimentos extremistas procuram ganhar força.”

Ouça no player acima a íntegra da coluna Globalização e Cidadania.


Globalização e Cidadania
A coluna Globalização e Cidadania, com o professor Pedro Dallari, vai ao ar toda quarta-feiraa às 8h, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.