Colunista reflete sobre o funk como expressão radical da periferia

Guilherme Wisnik analisa em sua coluna o sucesso do funk “Bum Bum Tan Tan”, do DJ MC Fiote

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Guilherme Wisnik reflete sobre o sucesso estrondoso da música Bum Bum Tan Tan, do DJ MC Fiote, que viralizou na internet – bateu a marca de 1 bilhão de views, um recorde absoluto no Brasil. Para além da já conhecida obsessão nacional pelo bumbum, o colunista diz que o tema está sendo reatualizado por vários artistas, que inclusive se valem de uma radicalidade formal para elevar o funk como meio de expressão da periferia das grandes metrópoles. Acompanhe a íntegra do comentário pelo link acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados