Colunista reflete sobre a importância de “Macunaíma” para a cultura nacional

Para Alexino Ferreira, “Macunaíma” traz muito da mitologia indígena e forma o arquétipo Brasil

 19/12/2017 - Publicado há 4 anos

Qual a importância de Macunaíma para a cultura brasileira? Segundo o colunista Ricardo Alexino Ferreira, como modernista que era, “Mário de Andrade queria fazer uma crítica à cultura europeia e, ao mesmo tempo, exaltar a cultura indígena, que, para ele, era a essência do Brasil”. Escrita em seis dias e publicada em 1928, a obra tem como uma de suas características a renovação da linguagem brasileira, ao tratar tempo e espaço como entidades arbitrárias.

Macunaíma: O herói sem nenhum caráter foi transformado em filme, pelas mãos de Joaquim Pedro de Andrade, em 1969, e também foi personagem de peças teatrais. Trata-se, de acordo com especialistas, de uma das mais importantes obras brasileiras sobre a cultura nacional, “ou aquilo que alguns chamam de multiculturalismo”.

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.