Colunista elogia presença de autor africano na lista de livros da Fuvest

“Mayombe”, do autor angolano Pepetela, publicado em 1980, entra na lista 39 anos depois da criação do vestibular unificado

 22/11/2016 - Publicado há 5 anos  Atualizado: 24/04/2017 as 13:44

logo_radiousp_790px
.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em sua coluna semanal, o professor Ricardo Alexino Ferreira louva a iniciativa da Fuvest em inserir um autor africano em sua lista obrigatória de livros para o vestibular. Ele se refere especificamente ao autor angolano Pepetela, cuja obra, Mayombe , está presente na lista de 2017 da Fuvest. Para o professor, isso corrige uma distorção, uma vez que “os currículos universitários deveriam contemplar mais autores africanos, latino-americanos e asiáticos e da Oceania. A nossa ciência ainda é por demais eurocêntrica e monossêmica, valorizando uma única voz”.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.