Colunista comenta os recentes vazamentos de conversas da Lava Jato

Através da canção “Acorda Amor”, de Chico Buarque, o professor faz uma interpretação da situação

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na coluna desta semana, o professor Guilherme Wisnik fala sobre o vazamento das conversas entre o agora ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro e o Procurador da República Deltan Dallagnol.

Para Wisnik, as trocas de mensagens revelam manobras explícitas para condenar o ex-presidente Lula e direcionar as investigações da Lava Jato sem isenção, enquanto Moro se aproveitava da situação para se projetar como “papa da ética” no País.

Ele relaciona a canção Acorda Amor, de Chico Buarque, com a atual situação dos vazamentos e o que eles evidenciam.

Acompanhe o comentário no link acima.


Espaço em Obra
A coluna Espaço em Obra, com o professor Guilherme Wisnik, vai ao ar toda quinta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •