Colunista chama a atenção para a importância da preservação dos parques nacionais

O professor Guilherme Wisnik mostra o valor que essas áreas representam para o conhecimento humano

Na coluna desta semana, o professor Guilherme Wisnik comenta sobre o Parque Nacional da Serra da Capivara, no Estado do Piauí, e a importância da preservação dessas áreas para o conhecimento humano. Criado em 1979, o parque se localiza no semiárido nordestino, fronteira entre duas formações geológicas, com serras, vales e planície, e abriga fauna e flora específicas da Caatinga.

No parque encontra-se a maior concentração de sítios arqueológicos atualmente conhecida nas Américas, com mais de mil sítios cadastrados e vários vestígios da presença do homem pré-histórico, com datações mais antigas conhecidas no continente americano. A equipe da antropóloga brasileira Niède Guidon, a partir desses achados arqueológicos, tem buscado comprovar sua teoria de que o povoamento do continente americano se deu muito antes do que se acredita.

Em 1991, o Parque Nacional da Serra da Capivara foi declarado, pela Organização das Nações Unidas pela Educação, Ciência e Cultura (Unesco), Patrimônio Cultural da Humanidade.

Acompanhe o comentário do Espaço em Obra no link acima.


Espaço em Obra
A coluna Espaço em Obra, com o professor Guilherme Wisnik, vai ao ar toda quinta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •