Colunista avalia tratamento da mídia americana a Donald Trump

Em sua coluna no jornal “The New York Times”, Paul Krugman critica o candidato à Presidência e a postura dos veículos de comunicação

 25/07/2016 - Publicado há 5 anos  Atualizado: 07/11/2018 as 8:19

20161003_Thrump_colunistascarlos
Foto: Divulgação

O professor Carlos Eduardo Lins da Silva comenta, na coluna desta semana, a análise feita pelo economista Paul Krugman sobre o tratamento da mídia americana a Donald Trump. A avaliação de Krugman foi publicada no jornal The New York Times, no qual é colunista há pelo menos 15 anos. O economista ressaltou que, uma vez que as propostas de Donald Trump extrapolam os limites da democracia, a mídia não deveria conceder a ele o mesmo espaço que concede à sua concorrente, Hillary Clinton, a fim de resguardar a democracia americana.

Sobre o que Krugman chama de “culto de tratar os dois lados de maneira igual”, em referência à isenção e objetividade jornalística, Lins da Silva afirma que esses conceitos já não podem ser tratados como absolutos. Eles podem ser vistos como possíveis, mas alguns grupos não se furtam às críticas a Trump por considerá-lo um inimigo da democracia americana.

Acompanhe a coluna do professor Carlos Eduardo Lins da Silva:

 

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.