Colunista aponta urgência de reforma previdenciária

Segundo o professor Luciano Nakabashi, o aumento do tempo de contribuição é a melhor saída para a atual crise da Previdência

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Ouça a íntegra da coluna “Reflexão Econômica”, do professor Luciano Nakabashi:

logo_radiousp790px

Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

Segundo Luciano Nakabashi, professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP de Ribeirão Preto (FEA-RP), nos últimos seis anos, reformas importantes deixaram de ser feitas no Brasil; a mas urgente, para ele, é a previdenciária. Ele aponta que, se não tiver seu curso alterado, a Previdência brasileira deve quebrar.

Nakabashi acredita que os brasileiros se aposentam muito cedo (55 anos em média) e vivem, geralmente, 20 anos depois de aposentados. Com tempo de contribuição atual de 30 anos, receber o auxílio por 20 ou 25 anos é insustentável, segundo o professor. O mais grave, para ele, é que os contribuintes de hoje provavelmente não receberão aposentadoria no futuro, pois existe a possibilidade de quebra do sistema.

O aumento do tempo de contribuição é, segundo Nakabashi, a melhor solução para a atual crise previdenciária.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados