Colunista analisa adiamento do julgamento da chapa Dilma/Temer

Para André Singer, mudança assegura ao presidente Michel Temer o cumprimento de seu atual mandato

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail


.
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, enfim, pelo adiamento do julgamento de cassação da chapa Dilma/Temer, cujo início estava previsto para a última terça-feira (4). Na sua análise do episódio, o cientista político André Singer argumenta que tal decisão permite ao presidente Michel Temer tocar para frente seu mandato. Para Singer, vão ficando cada vez menores as possibilidades de cassação do presidente, até porque estamos a poucos meses das eleições presidenciais. E também porque os ministros do TSE estão considerando o lado político da questão e não só o jurídico. Isso não significa, porém, no entender de Singer, que o País esteja entrando num período de estabilidade política. Saiba por que ouvindo o áudio acima.

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados