Coalizão de governo inesperada força extrema-direita italiana a recuar

Partido Democrático e Movimento Cinco Estrelas anunciaram aliança e evitaram novas eleições no país

Nesta edição de sua coluna, a professora Marília Fiorillo analisa a recente reviravolta no cenário político italiano. Recentemente, o até então vice-premiê Matteo Salvini apresentou uma moção de desconfiança contra o primeiro-ministro, Giuseppe Conte, na expectativa de derrubá-lo do gabinete, e que assim fossem convocadas novas eleições.

Membro do partido ultradireitista Liga Norte, “notável pela política xenófoba e suas recusas em permitir o desembarque de imigrantes”, Salvini apostava sair dessa empreitada como novo primeiro-ministro italiano.

“O tiro saiu pela culatra, porque Salvini não previa a possibilidade de uma aliança entre dois partidos que nunca se deram muito bem. O neopopulista Movimento Cinco Estrelas, que é ‘anti-establishment’ e ‘antivelha’ política, e o Partido Democrático, uma frente de centro-esquerda nos velhos moldes”, analisa a colunista.

O acordo fez com que Conte fosse reconduzido ao mandato, encarregado de consolidar a improvável coalizão entre os dois ex-rivais. “A derrota não foi apenas da extrema-direita italiana, mas uma derrota para todos os ‘eurocéticos’ que têm se espalhado pela comunidade. Agora, o desafio é construir uma plataforma de consenso que não seja apenas ‘anti-Salvini’, e escolher novos ministros”, aponta Fiorillo.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna Conflito e Diálogo, na qual a professora Marília Fiorillo fala com Cido Tavares.


Conflito e Diálogo
A coluna Conflito e Diálogo, com a professora Marília Fiorillo, vai ao ar toda sexta-feira às 10h50, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.