Cinema da periferia é tema do quarto encontro do IEA e Itaú Cultural

Cineasta destaca que muitos estereótipos são desmistificados através da produção cinematográfica

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  

jorusp

A produção cinematográfica e fotográfica feita por e sobre as periferias das metrópoles brasileiras será discutida no encontro Quando as Periferias Constroem sua Própria Imagem, na próxima terça-feira, no Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP. Será o quarto evento do ciclo Centralidades Periféricas, uma realização da Cátedra Olavo Setúbal de Arte, Cultura e Ciência — parceria entre o IEA e o Itaú Cultural —, com coordenação da ativista social, cultural e educacional Eliana Sousa Silva, atual titular da cátedra.

Uma das propostas do encontro é discutir a formação da própria imagem da periferia no cinema. Thais Scabio, cineasta de São Paulo, palestrante do evento, disse que, com o avanço da tecnologia, a prática de filmagem foi expandida para outros locais antes quase impossíveis de obter uma fotografia — no sentido de qualidade da imagem gravada. Boa parte de seu trabalho desenvolvido com jovens nas periferias é documental, buscando mostrar as realidades das comunidades. Há espaço para filmagens de ficção e animação. O diferencial que mostra a construção da imagem da periferia, reproduzido de forma fiel, está justamente no roteiro. “Se tratando da periferia, o roteiro tem uma responsabilidade. A criatividade, a forma de contar a nossa história, está muito mais no roteiro do que na parte técnica.”

Com essas narrativas, muitos estereótipos são desmistificados através da produção cinematográfica, fugindo de figuras que retratam a criminalidade e mostrando a periferia de outra forma, na sua real forma. “A gente traz esse outro retrato, de crianças brincando, de cineastas na periferia”, afirma Thais, que também oferece formações em oficinas sobre produções cinematográficas nas favelas. Aliás, um de seus projetos, junto com alunos formandos e direção de Rodrigo Ebas, o filme Graffiti Dança, de 2013,  ganhou o prêmio de melhor animação no Anima Mundi do mesmo ano.

A programação completa e o link para inscrição estão disponíveis no site do IEA. Caso não seja possível a presença no encontro, o site também realiza transmissões ao vivo das palestras.

jorusp

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados