Cientista deve estar atento às implicações das novas tecnologias

Glauco Arbix explica que também é papel do profissional saber como a inventividade impacta a sociedade

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na coluna desta semana, o tema é ética e tecnologia. Muitas das inovações, segundo o professor Arbix, deixam de lado as questões de impacto na sociedade. “Como as tecnologias já estão implantadas, o debate fica mais difícil”, explica.

Para ele, a saída para resolver essa questão seria introduzir o conceito de ética logo na fase de desenvolvimento das novas tecnologias, não posteriormente à sua criação. Isso acontece quando se mescla a atuação de cientistas das áreas das exatas com a atuação de cientistas das áreas das humanidades, promovendo a convergência de competências.

É inevitável hoje em dia, diz o professor, o cientista não ter uma base em cima da ética e da moral, que nunca tenha pensado nas questões dos empregos e da desigualdade. Toda inovação tem consequências boas e ruins para diferentes pessoas e segmentos da sociedade.

Ouça no player acima a íntegra da coluna Observatório da Inovação.


Observatório da Inovação
A coluna Observatório da Inovação, com o professor Glauco Arbix, vai ao ar toda segunda-feira às 10h50, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •