Centro de Valorização da Vida impulsiona Setembro Amarelo

A associação filantrópica não tem fins lucrativos e presta apoio emocional para quem precisa conversar, mantendo total sigilo e anonimato

  • 27
  •  
  •  
  •  
  •  

O movimento mundial Setembro Amarelo, uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina e da Associação Brasileira de Psiquiatria, busca conscientizar a população sobre a realidade do suicídio e mostrar que existe prevenção em mais de 90% dos casos, segundo a Organização Mundial da Saúde.

O centro é uma associação filantrópica fundada em 1962, em São Paulo, para prestar serviço voluntário e gratuito de apoio emocional a pessoas que precisam conversar, mantendo total sigilo e anonimato. Presta serviço durante 24 horas por dia – para ser atendido, basta ligar para o número 188, gratuitamente, de qualquer Estado brasileiro.

Também é possível entrar em contato pelo chat ou e-mail, que estão disponíveis no site www.cvv.org.br, ou procurar um posto de atendimento presencial. Atualmente, o CVV conta com aproximadamente 2.400 voluntários, de 19 Estados brasileiros, que realizam o atendimento pelos canais da associação.

Além do atendimento on-line, a instituição desenvolve atividades abertas às comunidades em todo o País para ajudar pessoas que precisam de apoio emocional. É possível ser voluntário e doar seu tempo para quem precisa conversar. Para isso, basta ter mais de 18 anos, quatro horas disponíveis na semana e realizar o curso de preparação gratuito em uma das sedes do CVV.

O boletim Pílula Farmacêutica é apresentado pelos alunos de graduação da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP, com supervisão da professora Regina Célia Garcia de Andrade. Trabalhos técnicos de Luiz Antonio Fontana. Ouça, no link acima, a íntegra do boletim.

  • 27
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados