Caso Donna Brazile constrange CNN e Partido Democrata

A revelação do site Wikileaks fez a CNN anunciar que rompeu contrato com comentarista política

 07/11/2016 - Publicado há 5 anos  Atualizado: 07/11/2018 as 8:10

Campanha de Donna Lease Brazile para Hillary Clinton em Nassau - Foto: Tim Pierce via Wikimedia Commons
Campanha de Donna Lease Brazile para Hillary Clinton em Nassau – Foto: Tim Pierce via Wikimedia Commons

Na coluna desta semana, o professor Carlos Eduardo Lins da Silva volta a tratar das eleições norte-americanas e os desafios que o pleito vem colocando para o jornalismo daquele país. Desta vez o foco é a demissão de Donna Brazile, que teria divulgado antecipadamente para Hillary Clinton perguntas que seriam feitas num dos debates das primárias. O fato aumenta as críticas sofridas pela CNN de ter em seus quadros políticos ativos do Partido Democrata.

Ouça na íntegra.

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.